Instagram Medprimus Facebook Medprimus YouTube Medprimus Telefone: (11) 3262.5564

Coronavírus: 10 coisas que você deve saber!

Um novo coronavirus foi identificado neste inicio de ano e o mundo tem observado o início de um novo surto a partir de Wuhan, cidade mais importante da China Central. Em momentos de surtos e epidemias como esse circulam além dos vírus muitas informações incorretas. 

Compartilhamos 10 informações relevantes sobre os coronavírus e sobre o que se sabe do surto atual!

  1. Coronavírus são conhecidos pela ciência há mais de 50 anos. Eles têm esse nome devido ao seu aspecto que lembra uma coroa visto em microscópio.
  2. Existem 7 diferentes tipos de coronavírus confirmados como causa de infecções em seres humanos. A maioria das infecções por coronavírus ocorre na infância e se apresentam como um resfriado simples ou uma gripe.
  3. A transmissão do coronavirus ocorre entre diversos animais. Eventualmente pode haver transmissão de animais para humanos a depender das mutações no material genético do vírus. No caso do Novo coronavírus 2019 ( 2019 nCoV) a transmissão pode ter se iniciado entre animais infectados e humanos no mercado de Wuhan e já há relatos de transmissão por contato interpessoal (de uma pessoa infectada para uma não infectada através de secreções respiratórias).
  4. Ate hoje já correram duas epidemias por coronavírus de impacto mundial. A SARS a partir de 2002 que se disseminou a partir da China e teve pouco mais de 8000 casos confirmados com 774 mortes ao redor do mundo e a MERS que surgiu a partir da Arábia Saudita em 2012 e causou 858 mortes.
  5. Os sintomas se iniciam entre 2 até 14 dias após o contato (chamamos isso de período de incubação). Podem ocorrer sintomas leves até muito intensos de:
    • febre,
    • tosse,
    • Dificuldade para respirar.
  6. Não há nenhum tratamento específico para o coronavírus. Medicamentos como antivirais não são eficientes para este vírus. As pessoas infectadas recebem tratamentos sintomáticos e, nos casos graves, suporte com oferta de oxigênio e eventualmente cuidados intensivos.
  7. Não há vacina disponível até o momento. A única vacina que começou a ser desenvolvida para o vírus da SARS parou de ser estudada pois desde 2003 não houve novas mortes por esse vírus.
  8. A prevenção é semelhante a outras doenças de transmissão respiratória:
    • Lavar as mãos com frequência: água e sabão por no mínimo 20 segundos ou uso álcool gel ( com 60% de concentração de álcool);
    • Evitar colocar as mãos nos olhos, nariz e boca.
    • Cobrir a boca ao tossir: utilizar lenço de papel ou tossir no cotovelo dobrado.
    • Não tossir ou espirrar nas mãos pois isso ajuda na transmissão de doenças.
    • Lavagem nasal com soro fisiológico ao menos 2 x ao dia reduzem a ocorrência de doenças respiratórias. Leia sobre lavagem nasal.
  9.  Sem Desespero!! O surto do novo coronavírus é um problema de saúde pública, mas não deve ser motivo para desespero. O vírus da gripe, para o qual recebemos vacina todos os anos e que se transmite de forma semelhante, mata anualmente de 290.000 a 640.000 de pessoas. Esses números são muito mais elevados do que os que ocorreram nos surtos anteriores de coronavírus. Além disso as medidas preventivas da infecção por coronavírus são as mesmas para a gripe e devem ser incorporadas nas nossas rotinas.
  10. Em caso de suspeita de infecção contate seu médico. São suspeitos pessoas com febre e sintomas respiratórios que estiveram na China nos últimos 14 dias. Evite contato com outras pessoas até ter certeza se tem ou não a infecção e evite viajar doente!

O surto atual causou 132 mortes até esse momento (29/01/2020). Os casos se concentram na China e em países vizinhos. 

Referencias

https://www.who.int/emergencies/mers-cov/en/

http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/novocoronavirus

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/about/index.html

https://www.cdc.gov/media/releases/2020/p0121-novel-coronavirus-travel-case.html

https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/influenza-(seasonal)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *