Instagram Medprimus Facebook Medprimus YouTube Medprimus Telefone: (11) 3262.5564

Nódulos de tireóide: quando devem ser operados?

 

Os nódulos de tireóide são alterações estruturais que a glândula pode apresentar.

A descoberta de nódulos de tireóide é sempre uma causa de estresse e preocupação. Mas vale lembrar que aproximadamente 85% das vezes esses nódulos será benigno.  Muitas vezes o seu médico pedirá uma biópsia do nódulo ou a PAAF (Punção aspirativa por agulha fina)

A Biopsia da dos nódulos de tireóide é feita com a utilização de uma agulha fina (igual a agulha da coleta de sangue). Com o auxílio do ultrassom, o médico punciona o nódulo de tireóide através do pescoço e retira amostras do nódulo para análise.

Todos os nódulos de tireóide maiores que 15 milímetros ou nódulos que sejam suspeitos ao ultrassom deverão ser biopsiados através da PAAF .  Nódulos que não apresentam essas características devem ser acompanhados, pelo menos inicialmente, antes de serem biopsiados.

Nos últimos anos temos presenciado um aumento importante na quantidade de pessoas com diagnóstico de doenças da tireóide. Muitos fatores contribuíram para esse aumento.

Mas, você sabe qual a função da tireóide???

A Glândula tireóide é um órgão muito especial. Tem a capacidade única no corpo de captar o iodo dos alimentos e utilizá-lo para produzir o hormônio da tireoide. Se alguma vez você foi a um médico ele deve ter solicitado o TSH e o T4 livre!!

O TSH é um estimulante natural da tireóide. É produzido por uma outra glândula chamada Hipófise. Assim, por ser um estimulante da tireóide…. Quanto pior sua tireoide funcionar, maior será o valor do TSH. Da mesma forma, se a sua tireoide funcionar de mais …menor será o valor do TSH.

O T4 livre é o hormônio que a tireóide produz, controlado pelos níveis de TSH.   Dessa maneira, se a sua tireóide estiver doente e produzir pouco hormônio (T4 livre estará baixo)   a sua hipófise produzirá muito TSH, na tentativa de reverter essa situação. Essa condição clínica é chamada de  hipotireoidismo .

Por outro lado, se a sua tireóide estiver doente e produzir muito hormônio (T4 livre estará alto)  o TSH  resultante será baixo. Esse estado é chamado de  hipertireoidismo .

Entre essas duas situações o hipotireoidismo é o mais comum.

Os sintomas mais frequentes são:

  1. cansaço e fadiga;
  2. dor muscular;
  3. cabelos e unhas fracas;
  4. ganho de peso e dificuldade de perder peso;
  5. intolerância ao frio.

No hipertireoidismo os sintomas são inversos:

  1. perda de peso;
  2. calor e sudorese;
  3. palpitação do coração;
  4. tremores;
  5. ansiedade.

As alterações da função da tireóide podem ou não se relacionar a alterações da estrutura da glândula.  Ou seja,  a presença de nódulos na tireóide não necessariamente indica que a tireoide não funciona.  A pessoa pode ter vários nódulos e a glândula ainda assim funcionar  bem.

Sendo assim, é sempre importante verificar tanto a função da tireoide, com os exames de sangue, como a estrutura da tireoide, através do exame físico e do ultrassom.

O hipotireoidismo é tratado através da reposição de hormônio, a levotiroxina.

O comprimido deve ser tomado  em jejum e pela manhã. Após a ingesta do comprimido, a pessoa deve esperar de 20 a 30 minutos par tomar café ou tomar outras medicações. Praticamente qualquer coisa interfere com a absorção desta medicação e é importante o jejum para que o remédio funcione corretamente. A dosagem deve ser determinada por um médico e conferida periodicamente através de exames de sangue.

O hipertireoidismo tem um tratamento mais complexo…

Inicialmente o tratamento envolve um controle medicamentoso da função da glândula. As medicações utilizadas reduzem a produção e secreção do hormônio da tireoide. No entanto, não tratam a causa do problema, agridem o fígado e a medula óssea.  Sendo assim, seu uso deve ser restrito a um período não superior a 2 anos ou como preparação para o tratamento definitivo.

Existem 2 opções de tratamento definitivo nos casos de hipertireoidismo: a cirurgia ou a iodoterapia. Ambas apresentam vantagens e desvantagens. A decisão entre elas deve ser tomada em conjunto com seu médico de confiança.

A cirurgia está indicada nos seguintes casos:

  1. Nódulos malignos ou suspeitos de serem malignos na biópsia;
  2. Nódulos que apresentam uma velocidade de crescimento rápida;
  3. Nódulos grandes e que avançam em direção ao tórax ou que causam sintomas compressivos no pescoço

Já nódulos de tireóide grandes, mas que não causem sintomas ou nódulos associados a hipertireoidismo podem ser operados ou tratados clinicamente. Aí depende da opção do médico e do paciente.

Assim, nem sempre um nódulo de tireóide deverá ser tratado com cirurgia obrigatoriamente.

Comentários

  • Aparecida disse:

    Dr tenho 2 nódulos de meio centímetro e um de um centímetro e meio que apresenta esbolso modulares mal definidos. Um médico falou q tem que fazer biópsia outro falou que não é nada e agora o que faço?

  • Murilo disse:

    Ola Aparecida….
    Realmente entendo sua preocupação. Mas não existe uma regra rígida a ser seguida nestes casos. O médico irá usar sua história pessoal e familiar, características dos nódulos ao ultrassom. Além disso o médico irá usar as experiencias pessoais dele para tomar esta decisão. Minha sugestão é sempre procurar um profissional que lhe traga segurança … e seguir o que ele te recomendar! Mas se mesmo assim você permanecer com receio … a conduta mais cautelosa sempre é a mais segura.
    Espero ter ajudado.
    Boa sorte

  • Junior Marques disse:

    Doutor estou com um nodulo de aproximadamente 5 cm na tireoide Do lado direito, bastante visível, o meu médico pediu a biopsia porém a mesma ainda não foi feita, corro o risco de passar por uma cirurgia?

    • Dr. Murilo Neves disse:

      Ola Junior Marques,

      Esta será uma decisão que você deverá fazer junto com seu médico. A biópsia neste caso é necessária para programação do tratamento e seguimento. Se a biopsia for benigna, a cirurgia não é obrigatória, mas normalmente é necessária. Isto porque nódulos deste tamanho tornam-se sintomáticos, atrapalham o correto funcionamento das estruturas do pescoço e são aparentes no pescoço (o que usualmente causa desconforto ao paciente).
      Já no caso de biópsia suspeita para neoplasia maligna, a cirurgia faz-se necessária para tratamento.
      Espero ter ajudado. Boa sorte

  • Andréa Veiga de Freitas disse:

    peguei o resultado do meu exame de sangue hoje,não resistir e abrir.
    TSH- Hormônio tireiestimulante
    RESULTADO…… : 10,6
    Método : Quimioluminescência
    Material: soro
    Obs. RESULTADO CONFIRMADO.
    Fiquei muito preocupada,já que vem dizendo que o valor de referência é de 0,20 a 5,00
    Tente me explicar o que está acontecendo comigo.
    Será que vou precisar de cirurgia?
    Olhando aqui,eu vi que tenho todos os sintomas.
    Estou fazendo tratamento de depressão,e agora fiquei sem chão. Não sei que atitude tomar.
    Aguardo um contato.

    • Dra. Maura Neves disse:

      Olá Andrea,
      Não fique aflita. Você deve retornar ao seu medico e iniciar o tratamento para a tireoide. Possivelmente esse tratamento ajudara a melhorar a depressão também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *