Instagram Medprimus Facebook Medprimus YouTube Medprimus Telefone: (11) 3262.5564

Vacina da gripe: tudo o que você sempre quis saber

Vacina da gripe

Tomar a vacina da gripe anualmente muitas vezes gera algumas dúvidas e desânimo… “Mas de novo vacinar!?”

Não desanime e tire todas as suas dúvidas sobre a vacina da gripe!

 

Porque vacinar é importante?

Quem não se vacina não coloca apenas a própria saúde em risco! Mas também a de seus familiares e outras pessoas com quem tem contato, além de contribuir para aumentar a circulação de doenças. Tomar vacinas é a melhor maneira de se proteger de várias doenças graves e de suas complicações.

A maioria das doenças preveníeis por vacina são transmitidas pelo contato com objetos contaminados. Espirros, tosse ou fala, também atuam como transmissores pois expelem gotículas que contém os agentes infecciosos.

Assim, se uma pessoa é infectada, pode transmitir a doença para outros que também não foram imunizados.

Graças à vacinação, houve uma queda drástica na incidência de doenças letais – como coqueluche, sarampo, poliomielite e rubéola. Mas, mesmo estando sob controle hoje em dia, elas podem rapidamente voltar a se tornar uma epidemia caso as pessoas parem de se vacinar.

O que é uma vacina?

As vacinas são substâncias derivadas de um micro-organismo, chamadas de antígenos. Ao serem introduzidas no organismo induzem uma resposta do sistema imunológico, principalmente produção de anticorpos, o que leva a uma proteção para aquela doença.

A duração da imunidade varia de acordo com a vacina. Algumas duram anos e outras devem ser repetidas anualmente, como a vacina da gripe.

Vacina da Gripe

A vacinação contra gripe em 2017 iniciará em Abril. Existem 2 tipos de vacina disponíveis:

  1. Vacina Trivalente: contém duas cepas do influenza A e uma de influenza B (oferecida na rede pública)
  • Cepa A Michigan/45/2015/H1N1 pdn09-like
  • Cepa A Hong Kong/4801/2014/H3N2-like
  • Cepa B Brisbane/60/2008/Victoria-like
  1. Vacina Quadrivalente: contém as 3 cepas da trivalente e uma cepa adicional de influenza B (disponível apenas no setor privado)
  • Cepa B Yamagata: B/Phuket/3073/2013-Like

A vacina não reduz apenas o número de casos, mas também a gravidade, taxa de hospitalização, duração de hospitalização e uso de medicamentos para tratar a influenza e suas complicações.

A vacina da a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus! Por isso, as medidas de prevenção são tão importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral (outono e inverno).

  • Lavar as mãos várias vezes ao dia;
  • Cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal.

E porque devemos tomar a vacina da gripe anualmente?

O vírus influenza é famoso pela sua elevada frequência de mutação, o que compromete a capacidade do sistema imunológico de criar anticorpos que sejam eficazes a longo prazo. Você pode ter uma gripe hoje e criar anticorpos altamente efetivos contra o vírus Influenza. O problema é que, nos próximos anos, há uma grande chance do vírus circulante já ser diferente daquele que lhe contaminou. Os anticorpos que você criou agora já não serão efetivos, ou serão apenas parcialmente efetivos, contra a nova cepa mutante.

Assim, existem várias cepas diferentes do vírus circulando ao redor do mundo. Portanto, para que uma vacina seja efetiva, ela precisa ser eficaz contra mais de um tipo de Influenza e precisa ser frequentemente atualizada, de forma a estar sempre ativa contra as mutações mais recentes.

Por isso a vacina muda todos os anos… e todos os anos devemos nos vacinar!

Quem deve se vacinar?

O sistema público contempla vacina para:

  • Idosos acima de 60 anos;
  • crianças a partir de seis meses e menores de cinco anos;
  • gestantes;
  • puérperas (mulheres até 45 dias depois do parto);
  • trabalhadores da área da saúde;
  • povos indígenas;
  • pessoas de 5 a 59 anos portadoras de doenças crônicas não transmissíveis;
  • população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • professores das redes pública e privada.

Quem não tiver direito a receber a vacina trivalente no sistema público pode recorrer ao sistema privado.

Quem não deve tomar a vacina?

Pessoas alérgicas a ovo não devem receber a vacina (pois ela é produzida em ovos) e bebês ate 6  meses de idade.

Importante…

A vacina da gripe  não é capaz de provocar gripe . Como algumas pessoas podem acreditar… No Brasil a vacina da gripe é feita com vírus morto.

O que ocorre é que a vacina é administrada em uma época em que a gripe é mais frequente. E, como ela demora 21 dias para fazer efeito, a pessoa pode pegar uma gripe após ter sido vacinada nesse intervalo.

Além disso, há outros vírus que causam gripe e que não estão na vacina.

E se ainda estiver na dúvida… consulte seu médico!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *