Instagram Medprimus Facebook Medprimus YouTube Medprimus Telefone: (11) 3262.5564

Volta às Aulas?! Dicas para facilitar o retorno à escola

Volta às aulas !!!

Período de alegria para pais e férias dos avós!! Porém, não basta despachar as crianças para a escola…. Há alguns cuidados para tornar a ida a escola mais tranquila!!

E, em meio a tantas informações… compra de material escolar, uniforme novo, horário … algumas duvidas podem surgir!!!

Veja algumas  dicas importantes que podem ajudar!!!!

 

 

Portable Network Graphics image-ACA4A41CE286-1

Primeiro: Qual a melhor mochila??

Há diversos tipos de mochila escolar e, para acomodar adequadamente a grande quantidade de material escolar há alguns cuidados a serem tomados. O peso das mochilas pode machucar as crianças….

Para prevenir lesões ortopédicas siga essas dicas importantes do nosso ortopedista Dr. Gustavo Pepicelli:

  1. Evite mochilas pesadas: limite de peso é de 10-20% do peso da criança.
  2. Escolha mochilas com duas tiras largas e acolchoadas para distribuir melhor o peso e evitar compressões nos ombros.
  3. Parte de trás da mochila deve ser acolchoada para proteger contra objetos pontiagudos.
  4. Utilize a tira transversal na cintura para distribuição de carga.
  5. Ajuste a tencione as tiras adequadamente: objetivo é manter a mochila próximo ao corpo e acima da cintura.
  6. Ao carregar mais peso do que o recomendado: use mochilas com rodinhas!!!

 

 

Portable Network Graphics image-19F322E143B1-1

A segunda dica para a volta às aulas…

 CHEQUE A AUDIÇÃO DA CRIANÇA !!! Nossa Otorrino Dra Maura Neves explica melhor:

Uma audição normal é extremamente importante para o desenvolvimento da leitura e da escrita, pois a base da leitura é o conhecimento de que cada letra corresponde a um som.

Uma boa audição e um bom processamento auditivo são extremamente importantes numa sala de aula em que o aluno deve focar a atenção no que é dito pelo professor e ignorar outro estímulo que possa interferir na escuta: conversa dos colegas, arrastar de cadeiras, passos no corredor, barulho do ventilador, buzinas na rua ou gritaria no pátio da escola.

A criança normal entenderá a professora com facilidade, enquanto a que tem alteração da audição ou do processamento terá dificuldade em compreender o que é dito, o que atrapalha seu processo de aprendizagem. Muitas vezes, tais crianças são consideradas desinteressadas e preguiçosas…. e estes rótulos trazem consequências negativas para  desenvolvimento emocional e para o aprendizado!

Procure um otorrino e realize uma avaliação auditiva na criança! Isso vale mesmo se o teste da orelhinha estiver normal, pois há alterações auditivas que se desenvolvem na criança maior!

 

 

IMG_9050

Terceira dica: O desafio da lancheira!!!!

Mandar uma lancheira saborosa e saudável diariamente exige muita criatividade dos pais. A dica agora é da nossa pediatra Dra Flavia Oliveira!

Para equilibrar o conteúdo da lancheira o mais importante é tentar sempre ter em mente três grupos alimentares: carboidratos ou energéticos, proteínas ou construtores, fibras ou reguladores. Tente sempre evitar a monotonia e, na medida do possível, respeite as preferencias da criança! ….

Mas de vez em quando colocar um alimento diferente de forma divertida pode agradar. Use cortadores diferentes, mande bilhetinhos, fale sobre o que colocou na lancheira e até de opção de escolha, por exemplo, entre duas frutas qual quer levar …. tudo isso pode ajudar na melhor aceitação alimentar! 

 

 

Portable Network Graphics image-FFF528C3E54F-1

Quarta dica: Não esqueça da prevenção!!!!

Para muitas crianças a volta as aulas significa também aumento do numero de gripes e resfriados!

Apesar de ainda estarmos no Verão… logo, logo o outono chega e com ele as infecções de vias aéreas superiores (gripes,resfriados) e as rinites.

Uma maneira rápida e eficaz de se evitar a contaminação por tantos vírus circulantes é realizar a higienização nasal com soluções salinas.  Existem várias maneiras de se utilizar o soro fisiológico: seringa, conta gotas, spray nasal e jato contínuo.

A princípio os sprays e jatos são mais eficazes, pois, além de umidificar o nariz realizam uma limpeza na cavidade nasal por arraste e diminuem o risco de contaminação.

Como manutenção deve-se realizar 2 x ao dia … e nos períodos agudos em vigência de infecção pode-se aumentar para até 5 a 6 x ao dia.

 

Fique atento! … e na dúvida, procure auxilio médico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *